quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Arvoreie....

Uma das coisas que eu acho fascinante em Jesus, é a capacidade que ele tinha de encontrar no meio da multidão, pessoas.
Ele era capaz de reconhecer em cima de uma árvore um homem, e descobrir nele um amigo.
Bonito uma amizade que nasce a partir da precariedade, quando você chega desprevenido, o outro viu o que você tem de pior, e mesmo assim, ele se apaixonou por você. Amor concreto, cotidiano, diário.
Jesus se apaixonava assim pelas pessoas e as tornava suas amigas. As trazia para perto Dele.
É fascinante olhar para a capacidade que esse homem, que esse Deus tem, de investigar a miséria do outro e encontrar a pedra preciosa que está escondida. Isso é Páscoa, isso é ressurreição. É quando no sepulcro do nosso coração, alguém descobre um fio de vida, e ao puxar esse fio, vai fazendo com que a gente se torne melhor.
Não há nada mais bonito do que você ser achado quando você está perdido.
Não há nada mais bonito do que você ser encontrado, no momento que você não sabe para onde ir e não sabe nem onde está...
O amor humano tem a capacidade de ser o amor de Deus na nossa vida por causa disso: porque ele nos elege!
Por isso que é bom termos amigos, porque na verdade, as pessoas amigas antecipam no tempo, aquilo que acreditamos ser eterno...
Quando elas são capazes de olhar para nós e descobrir o que temos de bonito. Mesmo que isso, as vezes costuma ficar escondido por trás daquilo que é precário.
Por isso agradeço muito a Deus pelos amigos que tenho. Pelas pessoas que descobriram no que eu tenho de pior, uma coisinha que eu tenho de bom, e mesmo assim continuam ao meu lado, me ajudando a ser gente, me ajudando a ser mais de Deus, ajudando a buscar dentro de mim, a essência boa que acreditamos que Deus colocou em cada um de nós.

Ter amigos, é como arvorear: lançar galhos, lançar raízes... Para que o outro quando olhar a árvore, saiba que nós estamos ali...Que nós permanecemos para fazer sombra, para trazer ao outro, um pouco de aconchego que ás vezes ele precisa na vida...

ARVOREIE! CRIE ÁRVORES! SEJA AMIGO

32 maneira de fazer alguém feliz


Alegrar e fazer sorrir alguém é uma das melhores formas de animar e trazer uma pitada de felicidade ao seu próprio dia… já pensou nisso? Estamos a falar de gestos simples, mas carinhosos e atenciosos, capazes de abrilhantar o mundo à sua volta. Mas atenção, nem todas as sugestões apresentadas serão apropriadas para todas as pessoas da sua vida, no entanto, saberá certamente distribuir bem esta felicidade! Existe alguém que gostaria de fazer feliz hoje? Esperemos que sim…

feliz hoje? Esperemos que sim…

  1. Sorria.
  2. Ajude a carregar ou a transportar alguma coisa.
  3. Envie um email de agradecimento.
  4. Ligue, só para saber como estão.
  5. Apanhe flores para dar a alguém.
  6. Prepare uma refeição especial.
  7. Conte uma anedota e riam até chorar.
  8. Limpe.
  9. Escreva uma carta de amor.
  10. Ofereça um livro com muito significado.
  11. Faça um bolo.
  12. Homenageie alguém publicamente.
  13. Agradeça
  14. Ouça.
  15. Esteja lá quando mais precisam.
  16. Dê um abraço.
  17. Passe tempo de qualidade com esse alguém, fazendo algo divertido.
  18. Trate de alguma tarefa ou resolva algum assunto por outra pessoa.
  19. Diga “amo-te” ou “gosto de ti”.
  20. Ajude alguém a concretizar os seus objectivos.
  21. Seja orgulhoso dessa pessoa e mostre-o.
  22. Faça de babysitter.
  23. Faça de housesitter.
  24. Compre-lhe bilhetes para o cinema.
  25. Organize um cesto recheado de mimos e coisas boas.
  26. Ofereça um café.

 

27 Faça uma lista das coisas que adora nessa pessoa e, claro, entregue-lhe!

28 Deixe-lhe bilhetes secretos de agradecimento ou de reconhecimento. Deixe-lhe bilhetes secretos de agradecimento ou de reconhecimento.

29   Dê uma massagem.

30   Leve-lhe o almoço ou convide-o para almoçar fora quando estiver a ter “um daqueles dias”.

 

 

31 Ame-os, completa e incondicionalmente.
32           Seja feliz sempre

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

A Vida Têm a cor que você pinta

Carlos Drummond de Andrade definiu que: “Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade”. Fazendo uma análise prática é possível que concluamos que a vida por si só já é motivo de felicidade, no entanto, nosso lado emocional nem sempre segue essa direção.

O fato é que cada pessoa tem sua própria maneira de buscar estar bem e seguir a sua vida com mais alegria, mas por vezes isso não é fácil, assim vale a pena pensar em algumas sugestões:

1) Valorize a vida. A vida é uma dádiva de valor inenarrável, aproveitá-la ao máximo é dar-lhe um propósito, assim viver bem a vida é o mesmo que ter uma vida significativa, com valores e razões que a enriqueçam.

2) Aproveite o presente. Procure sorrir ao acordar todos os dias de manhã; lembre-se que o momento que você vive é o agora. Não desperdice seu dia pensando no passado ou ansiando pelo futuro. Aproveite o presente porque nele reside a sua oportunidade de agir.

3) Seja consciente. Tenha consciência do valor das coisas, não se exaspere com as dificuldades, deixando de valorizar o que realmente é fundamental para você. Não se deixe levar apenas pelas emoções, racionalizar muitas vezes é necessário.

4) Veja o lado bom. Nem tudo é como desejamos, mas mesmo as coisas ruins têm um lado bom, pois, no mínimo, servem de aprendizado. Foque no lado positivo das coisas e você se sentirá mais forte e confiante.

5) Aceite as dificuldades. Problemas fazem parte da vida, a possibilidade de resolvê-los ou não também; quanto mais aceitação você tiver, mais descomplicados serão seus dias. Faça o que lhe compete, dê o melhor de você e se conforme com os resultados.

6) Aceite as pessoas. A indignação com as pessoas só vai ampliar sofrimentos; aceite que são como são e busque mudanças em você mesmo para encarar isso naturalmente e não se deixar abater.

7) Não reclame. Tanto a palavra como o pensamento contaminam o nosso humor. Deixe de se queixar, tudo na vida passa, então procure não se estressar tanto.

8) Manifeste seus sentimentos. Sorria, abrace, exale bons sentimentos, expresse o quanto as pessoas são especiais para você. Mesmo que as coisas não estejam muito bem, atitudes positivas sinceras vão fazer com que você se sinta bem melhor.

9) Seja útil. As pessoas precisam uma das outras e a gentileza é uma forma importante de se sentir útil. Ajudar alguém que passa por uma dificuldade tem efeito restaurador para quem o faz.

10) Assuma a responsabilidade. Não deposite nas mãos de ninguém a responsabilidade de viver bem; sua alegria e satisfação são efeitos de seus próprios atos. Não permita que suas emoções e sentimentos dependam de qualquer pessoa que não seja você mesmo.

O importante é saber que para tudo sempre há uma saída e se não houver não será o mau humor que vai ajudar, não é mesmo?

Lembre-se que a vida é maravilhosa demais para ser desperdiçada e que estar de bem com ela só depende de você, acredite nisso e seja feliz!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Auto estima.


Sabe quando você acorda, olha no espelho e se sente bem e feliz? Esta é, sem dúvida, uma ótima forma de começar o dia. Mas, como nem sempre você levanta com essa disposição toda, é necessário se enxergar melhor, lembrar sempre de suas qualidades e cuidar de si para melhorá-las. Aí entra o amor próprio. Não é difícil identificar que em algum momento do dia o utilizamos. Aquele banho gostoso, o cuidado com o cabelo e com a pele, a roupa bonita para vestir, etc.

Embora pareçam atitudes que fazemos para os outros, são também momentos dedicados a nós mesmos em um mundo no qual o tempo para si anda cada vez mais curto. Atitudes como essas já mostram que você se preocupa com seu bem-estar, . "O amor próprio é uma peça importante no processo de aumento da
autoestima" Processo de construção
A autoestima não é construída só com o que pensamos sobre nós. "Costumamos muito valorizar a opinião alheia. Um
elogio ou uma crítica tem um efeito muito grande, para o bem ou para o mal, na maneira como nos enxergamos",, este é um território minado de pequenas armadilhas, onde uma crítica num momento de fragilidade pode ser como uma bomba com um resultado devastador.

Basicamente o erro está em se basear no que os outros dizem e usar isso como bússola para seu astral, esquecendo do amor próprio. "Quem faz isso deixa de enxergar suas
qualidades e passar a viver apenas em função de agradar ou não decepcionar os outros, na espera de algo equivalente ao afago que o cachorro recebe ao balançar o rabo", diz. Deixar de ser quem é para se moldar como alguém que a sociedade deseja que você seja é negar suas peculiaridades, sua possibilidade de ser único. Atenção aos obstáculos
Ser aceito pelo meio social é importante, afinal a
rejeição também prejudica a autoestima. Como contrabalancear isso, agradar a si e aos outros? O psicólogo Viktor Frankl defende que atender apenas à expectativa alheia atrapalha e frustra a construção de uma personalidade sólida e estável. Já quem faz o oposto, ou seja, não dá a mínima para o pensamento coletivo, fazendo apenas o que acha certo, tende a se isolar e até criar um comportamento psicótico. Portanto, equilíbrio é a palavra-chave. o primeiro passo é ser cuidadoso consigo mesmo. Preparar a comida que você gosta, tomar banhos relaxantes, usar roupas confortáveis, se olhar no espelho e pensar nas qualidades que possui. "Dê uma volta no parque ou na praia e esvazie a cabeça dos problemas pelo menos por alguns instantes", eu recomendo faz toda diferença.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

SER UMA PESSOA MeLHOR

Ser uma pessoa melhor é um processo. Não importa o quão boa é alguém, ele não pode ser perfeito da noite para o dia. Portanto, o importante é que você cresca aos poucos diariamente. Faca esse crescimento se tornar um hábito e você vai ver um progresso significativo quando você olhar para trás.

Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para ser uma pessoa melhor dia a dia:


1. Assuma a responsabilidade

Antes de mais nada, você deve perceber que aquele que é responsável pela sua vida é você. Deus e o criador e controlador isso e logico, mais voce e quem tem de fazer por merecer . Não culpe outras pessoas ou condição externa de como você vive sua vida. Não importa o quão ruim a situação possa ser, é você quem tem de decidir como responder a ela. Não importa o que acontece com você, é você quem decide como ela afeta você.
2. Escolha a crescer
Depois de tomar a responsabilidade por sua vida, a próxima coisa que você deve fazer é decidir que você quer crescer. Escolha a crescer em vez de ficar onde está. Opte por ser uma pessoa melhor a cada dia.

3. Abrir espaço para o crescimento


Como você pode crescer se não houver espaço para isso?

O que quero dizer, não no físico, é claro.

Em vez disso, você deve abrir espaço para o crescimento em sua mente.

Acredite em si mesmo, que você pode crescer. Acredite que você pode fazer as alterações desejadas. Não se limite e tenha como objectivo ser o melhor que você pode ser.
4. Não espere resultados imediatos
Enquanto você deve abrir espaço para o crescimento, você também deve ter expectativas realistas.

Se você esperar demais, você pode ficar desapontado e desanimado. Leva tempo para crescer, para não perca o coração se você ainda não pode se tornar a pessoa que você quer ser.

Lembre-se que Molière disse:

As árvores que demoram a crescer suportam os melhores frutos.


5. Extrair lições das suas experiências

Extrair lições das suas experiências é fundamental para seu crescimento pessoal.

Então faça cada experiência uma oportunidade de aprendizagem. Abra os olhos e agarre todas as lições possíveis.

6. Mantenha um diário

Seja qual for lição que você aprende, anotá-la em um diario.

Manter uma lista pode economizar muito tempo, porque você não tem que repetir os mesmos erros de novo e novamente. E bom sempre re-ler , para re-lembrar e saber diferenciar os erros dos acertos.

7. Criar hábitos positivos

Pequenas coisas ou gestos sempre podem fazer uma grande diferença ao longo do tempo. Escolha uma atividade simples que o ajuda a crescer todos os dias.

Por exemplo, você pode escolher a ler por meia hora todos os dias. Ou você pode alocar tempo para rezar ou meditar todos os dias. O importante é que você faça isso de forma consistente.

8. Cara a Cara

Seu medo limita seu crescimento. Devido a isso você precisa identificar quais sao seus medos para so assim poder enfrentar e vencer. Não é fácil de fazer, mas como Anais Nin disse:

“ A vida encolhe ou se expande na proporção da nossa coragem “

9. Faca tudo com qualidade

A gana que voce coloca em uma iniciativa a qualquer coisa que venha desempenhar determina a qualidade com que elas serao desenvolvidas e completadas. É por isso que você precisa alimentar sua mente com pensamentos positivos e edificantes a cada dia. Ouça musicas de qualidade , leia livros de qualidade, veja filmes de qualidade, se relacione com pessoas de qualidade e quando falo qualidade , por favor nao confundam com classe social , status, preferencia sexual, religiao…isso nao tem nada haver, pois muitas pessas por mais diferentes que elas sejam de voce, sempre tem algo a te ensinar.

10. Estar próximo de pessoas positivas

As pessoas ao seu redor têm grande influência sobre você.

Eu tenho sorte de ter um monte de pessoas positivas em torno de mim que me incentivam a crescer. Muitos deles sao achegados a mim, familiares, parentes, amigos de infancia.

Outros tantos , sao apenas como flores que fui colhendo pelo jardim da vida, amizades, cada uma com um perfume diferente, mais todas com uma alegria peculiar.

Essas pessoas sao importantes demais tambem no meu dia-a-dia .Elas agem como uma fonte de energia e inspiração para mim.

11. Encontrar modelos

É muito mais fácil conseguir alguma coisa se você tem modelos que se tornam exemplos para você.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Conheçendo os Limites

Que todo mundo tem defeitos, creio que não restem dúvidas. Teoricamente, já nos sabemos imperfeitos. Porém, no exercício da vida, parece que, muitas vezes, insistimos em nos achar 'sempre certos' ou nos exigir nada menos que a perfeição. O resultado? Frustrações e confusões na certa!

Penso que o maior problema esteja no fato de não nos aceitar diante dos enganos e das limitações. De não nos acolher. De tentarmos negar o próprio erro. Ou ainda de culpar o outro pelo que sentimos e não gostamos de sentir e pelo que fazemos, mas não gostamos dos resultados. Daí, tentamos os atalhos. Damos desculpas. Inventamos razões de mentira!

A quem estamos tentando enganar? Acreditamos que ao outro, mas enganamos a nós mesmos. E adiamos as soluções. Prorrogamos as mudanças tão necessárias. Deixamos escapar as lições e as oportunidades de, enfim, compreender e aprender. Desperdiçamos tempo e vida. E tem gente que insiste nesta dinâmica durante a maior parte de sua história!

Não tem jeito: jamais acertaremos todas. Impossível saber sempre. E ao menos nesta dimensão, neste planeta, nesta condição, somos uma combinação exclusiva de muitos tons. Luz e sombra. Bondade e intolerância. Amor e desesperança. Coragem e medo. Sim, talvez e não. Quase tudo e quase nada. E no mais, incontáveis possibilidades que preenchem o espaço infinito entre um extremo e outro.

Assim sendo, o segredo é autorizar-se, no sentindo de ser o autor e permitir-se sê-lo. E ser por inteiro. É aproveitar o que não funciona para descobrir o que funciona. É responsabilizar-se, admitir-se. É questionar-se: onde eu tenho errado? Quais têm sido minhas limitações e dificuldades?

Porque quando a gente se conhece, fica muito mais fácil se reconhecer nas situações, nos sentimentos, nas escolhas e nas relações. Fica muito mais fácil assumir o que é nosso e abrir mão do que é do outro. Sem culpas nem apegos, mas com responsabilidade, dignidade e alteridade.

Uma boa maneira de descobrir o que é seu: esteja atento ao que te incomoda! Isso é seu! Se incomoda é porque faz eco dentro de você. Se não faz eco, aí sim não tem nada a ver com você! Não é seu! Mas o problema - ou o começo da solução - é quando faz! É aí que está a oportunidade, a chance, o aprendizado.

O outro é muito simpático e, por isso, você se sente enciumado e inseguro? Não, não é só por isso! Talvez isso contribua para vir à tona seu ciúme e sua insegurança, mas esses sentimentos já eram seus, já estavam aí. São de sua responsabilidade.

O trânsito ou o modo como o outro dirige faz com que você se sinta irritado e impaciente? Não, não é só por isso! Claro que ninguém gosta de esperar ou se atrasar, mas se sentir irritado toda vez que se vê no trânsito, mesmo já sabendo que o trânsito é inevitável - tem muito mais a ver com a sua incompetência para lidar com as frustrações e com sua ansiedade do que com os fatos em si.

Como muito bem afirmou Goethe: "A alegria não está nas coisas. Está em nós!". É isso, simples assim: sempre está em nós e não no outro! Portanto, de nada adianta apostar no que está fora. É preciso investir e lapidar o que está dentro.

Falou o que não devia? Fez bobagem? Errou feio? Comportou-se de forma impulsiva e inadequada diante de um determinado sentimento? Pergunte-se insistentemente: "de que outra maneira eu poderia ter resolvido essa situação?". E ouça a sua voz interior. Ela sabe! Você sabe! Você tem a resposta certa, a sua resposta certa!

Anote esta resposta, se for preciso para lembrar-se dela. Escreva uma nova forma de viver, de ser e de amar. E acredite: enquanto continuar apostando que a culpa é do outro, nada poderá ser diferente. Ao contrário, quando assumir que você é responsável pelo que é... aí, meu querido, ninguém mais pode te impedir! O céu é o limite......

A Vida e escolhas.

Acredito piamente que a vida de cada um de nós é composta por uma sucessão ininterrupta de escolhas. Fazemos escolhas todo tempo, desde as mais simples e automáticas, até as mais complexas, elaboradas e planejadas. Quanto mais maduros e conscientes nos tornamos, melhores e mais acertadas são as nossas escolhas.

Assim também é com o amor. Nós podemos escolher entre amar e não amar. Afinal de contas, o amor é um risco, um grande e incontrolável risco. Incontrolável porque jamais poderemos obter garantias ou certezas referentes ao que sentimos e muito menos ao que sentem por nós. E grande porque o amor é um sentimento intenso, profundo e, portanto, como diz o ditado, quanto mais alto, maior pode ser o tombo!

Por isso mesmo, admiro e procuro aprender, a cada dia, com os corajosos, aqueles que se arriscam a amar e apostam o melhor de si num relacionamento, apesar das possíveis perdas. Descubro que o amor é um dom que deve vir acompanhado de coragem, determinação e ética.

Não basta desejarmos estar ao lado de alguém, precisamos merecer. Precisamos exercitar nossa honestidade e superar nossos instintos mais primitivos. É num relacionamento íntimo e baseado num sentimento tão complexo quanto o amor que temos a oportunidade de averiguar nossa maturidade.

Quanto conseguimos ser verdadeiros com o outro e com a gente mesmo sem desrespeitar a pessoa amada? Quanto conseguimos nos colocar no lugar dela e perceber a dimensão da sua dor? Quanto somos capazes de resistir aos nossos impulsos em nome de algo superior, mais importante e mais maduro?

Amar é, definitivamente, uma escolha que pede responsabilidade. É verdade que todos nós cometemos erros. Mas quando o amor é o elo que une duas pessoas, independentemente de sangue, família ou obrigações sociais, é preciso tomar muito cuidado, levar muito o outro em conta para evitar estragos permanentes, quebras dolorosas demais.

O fato é que todos nós nos questionamos, em muitos momentos, se realmente vale a pena correr tantos riscos. Sim, porque toda pessoa que ama corre o risco de perder a pessoa amada, de não ser correspondida, de ser traída, de ser enganada, enfim, de sofrer mais do que imagina que poderia suportar. Então, apenas os fortes escolhem amar!

Não são os medos que mudam, mas as atitudes que cada um toma perante os medos. Novamente voltamos ao ponto: a vida é feita de escolhas. Todos nós podemos mentir, trair, enganar e ferir o outro. Mas também todos nós podemos não mentir, não trair, não enganar e não ferir o outro.

Cada qual com o seu melhor, nas suas possibilidades e na sua maturidade, consciente ou não de seus objetivos, faz as suas próprias escolhas. E depois, arca com as inevitáveis conseqüências destas.

Sugiro que você se empenhe em ser forte a fim de poder usufruir os ganhos do amor e, sobretudo, evitar as dolorosas perdas. Mas se perceber que ainda não está pronto, seja honesto, seja humilde e ao invés de deixar cair ou de jogar no chão um coração que está em suas mãos, apenas deixe-o, apenas admita que não está conseguindo carregá-lo...

E então você, talvez, consiga compreender de fato a frase escrita por Antoine de Saint Exupéry, em seu best seller O Pequeno Príncipe:
Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa.

Porque muito mais difícil do que ficar ao lado de alguém para sempre é ficar por inteiro, é fazer com que seja absolutamente verdadeiro! E é exatamente isso que significa sermos responsáveis por aquilo que cativamos...

Para Viver o AMOR

Se alguém me perguntasse qual é a única certeza que podemos ter em relação ao amor, eu responderia que é o fato de que ele sempre nos traz problemas...
Num primeiro momento, isso parece mesmo terrível. Parece um motivo bem razoável para que desistamos de investir na possibilidade de vivê-lo...

No entanto, cada dia mais, descubro que é exatamente nesta certeza que reside todo mistério e toda a razão para que insistamos, para que persistamos e jamais desistamos. Costumo pensar na relação de amor como num ser vivo, como numa pessoa, como num processo muito parecido com o de nossa vida.

Quando nasce, um bebê é puro, cheio de alegria, expectativas, curiosidades e esperanças. Tudo ao seu redor é belo e parece que não há nada que possa fazer dar errado. Na medida em que vai crescendo, algumas pequenas frustrações começam a surgir, mas nada que um bom atrativo não o faça voltar à euforia de antes.

O tempo passa e chega a adolescência. Assim também acontece no amor. Uma época de revolta, inconformidade, como se o mundo (a relação) fosse incompatível com tantas dúvidas, tantos medos e tantas inseguranças. Dá vontade de fugir, de desistir, de voltar a ser como antes, sem tanta confusão e sem essa sensação de não pertencer...

Mas essa turbulência passa. Deixa suas marcas, é verdade! Mas passa, porque crescemos, ganhamos em maturidade, responsabilidade e habilidade para solucionar algumas questões que agora, quando adultos, nos parecem até banais. Reconhecemos que estamos mais preparados para as adversidades e para as frustrações. Somos, enfim, gente grande.

Mas, ainda assim, a vida nos reserva muitas situações ameaçadoras, desagradáveis e pesadas. Ainda teremos muitas perdas, muitas quedas e muitos obstáculos para superar. E, felizmente, a vida tem seu mérito, tantas recompensas que somos capazes de atitudes que nem imaginamos para preservá-la, para fazê-la dar certo!

O amor trilha o mesmo caminho, passa pelo mesmo processo, embora muitas pessoas se recusem a crescer. Ou seja, muitas pessoas não se permitem experimentar todo o caminho, porque ele é muito doloroso, porque quanto mais investimos num relacionamento e quanto mais profundo ele fica, mais difícil se torna lidar com as diferenças, as imperfeições e as dores que surgem.

Estamos num tempo em que desistir de um amor é muito fácil. Fugir dele tem causado muita tristeza e problemas para as pessoas, mas continua sendo a opção mais escolhida. É mais fácil, exige menos e nos dá a sensação de que podemos tentar de novo, recomeçar. Talvez possamos mesmo! E talvez essa seja a melhor opção em casos extremos e sem saída. Mas, na maioria das vezes, é possível continuar, é possível fazer dar certo, porque é exatamente nesta possibilidade que está todo o mérito, toda a razão, toda a satisfação.

Só há uma maneira de conseguirmos superar essa força que nos impulsiona para a desistência, para a fuga e a decisão de não mais acreditar na chance de viver um grande amor, apesar de toda a dor: precisamos enxergar além do visível, ouvir além das palavras, sentir além do toque. Precisamos ouvir a nós mesmos, uma voz que vem lá do fundo, mas que insistimos em encobri-la com nossos pensamentos e imaginações, que deturpam e distorcem a realidade...

Sugiro que você fale. Mas sugiro, acima de tudo, que você ouça! Sugiro que você perceba, mas acima de tudo, que sinta. Sugiro que você esteja atento aos seus limites e se respeite e não permita que o outro lhe faça mal... Mas insisto que, antes de mais nada e sempre, você se lembre que também erra, que também tem medo e, por isso, também ataca, também se defende e, com certeza, de alguma forma, por mais que não seja a sua intenção, também magoa, fere e ofende o outro.

Então, comece enxergando você, aceitando e acolhendo os seus medos, os seus defeitos e as suas armas... Talvez assim, possa compreender a pessoa amada, compreender os ataques, as ofensas e os medos do outro. Talvez assim, você possa simplesmente parar seus pensamentos e sentir... ouvir... tocar... enxergar além... e perceber detalhes que só o coração consegue...

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

A TRANSFORMAÇÃO DO AMOR....



Existem

várias formas de viver o amor. Para muitas pessoas, isso vai além de um simples sentimento, ele tem o poder de transformar, de nos tornar pessoas melhores. É como se, ao amarmos, conseguíssemos enxergar o mundo de outro jeito, com vibrações melhores. Como se Existem tanta energia boa acabasse mudando a nossa essência, quem somos e como agimos.
De acordo com a Psicóloga Mariana Plaisant, “quando estamos amando, pressupõe-se que estamos felizes e, quando estamos felizes, temos mais energia vital de transformação. Por isso, tudo parece mais fácil, mais atingível”.
outro lado da moeda, quando o amor nos traz um sentimento de fraqueza, dependência e derrotismo. E aí, ao invés das conquistas, este sentimento confuso e desgastante só nos traz Porém, nem tudo são flores. No amor, como em outras situações da vida, também existe o perda e sofrimento“Quando depositamos a nossa
 
 felicidade no outro, estamos nos colocando cada vez mais longe desta mesma ideia de felicidade, porque você só fica feliz quando o outro está com você. Muitas vezes o amor se dilui e se transforma em uma fixação, numa dependência afetiva. Geralmente, entram a possessividade, a agressividade e a autodestruição (como a anulação de personalidade) no lugar deste amor. Tudo se torna um vício, e acredito que este é o pior de todos”, explica a Psicóloga.
Não deixe que algo tão bom se transforme em uma pedra no seu caminho, atrapalhando os seus planos, o seu futuro e o caminhar natural de sua vida. Um relacionamento deve ser baseado na cumplicidade, na soma e não na destruição de uma ou das duas partes. O amor é um dos sentimentos mais plenos e bonitos que existem. Permita-se vivê-lo com toda a intensidade e toda a felicidade que ele pode permitir. Comece já a sua história de amor... Mas lembre essa história de amor deve começar primeiramente consigo mesma, só assim será possivel amar alguém..não podemos ofereçer ao outro aquilo não ofereçemos a nós, e o amor deve começar na relação conosco...A forma que nos relacionamos com o nosso Eu é a forma que nos relacionaremos com o outro

sábado, 2 de fevereiro de 2013

COMO POSSO SER FELIZ?


A felicidade só depende de nós mesmos. Muitas pessoas procuram a felicidade através de outras pessoas ou seja:namorado ou namorada,marido ou esposa,amigo ou amiga e assim por diante.
O que acontece? Elas se frustram,pois o próprio Deus disse: Maldito o homem que confia em outro homem.
O ser humano quando se casa quer modificar seu companheiro,de acordo com o seu tipo ideal,não respeitando a individualidade do seu cônjuge ,colocando leis em sua vida,que se fossem ao contrário ,jamais seriam aceitas.

No casamento,alguns ajustes devem ser feitos,mas tudo com muito respeito e amor para que o companheiro não seja obrigado a uma mudança radical na sua forma de ser. A verdadeira felicidade está dentro de nós mesmos,depende de você ser feliz ou infeliz.
Se eu quiser ser feliz,vou valorizar tudo o que me rodeia,olhando sempre com bons olhos. Se eu quiser ser infeliz,é só valorizar as coisas más que me acontecem na vida. Se realmente estivermos arraigados em Deus,não sentiremos as pedradas desta vida,nem valorizaremos o mal que nos fazem.

Depende de nós,do modo como vemos a vida.Por exemplo : uma mãe recebeu uma carta de seu filho dizendo: - Mamãe,mande-me dinheiro!!! Seu marido ao ler a carta ficou horrorizado,e disse a sua esposa: -Seu filho é um grosseirão,está exigindo dinheiro,veja seu modo de falar.

A mãe pegou novamente a carta e a leu com sua voz doce e suave. -Não... meu velho,ele disse apenas: mamãe,mande-me dinheiro... Quando você ama,você interpreta tudo sem maldade alguma, justifica,entende e defende a pessoa amada com unhas e dentes. Porém, se outra pessoa que você não gosta, fizer a mesma coisa,você verá maldade,desconfiança,interpretará tudo para o lado do mal.

Para encontrar a verdadeira felicidade,é necessário se esvaziar de todo o mal,deixando que Deus atue totalmente na sua vida. Muitas vezes,tentamos mudar nosso caminho, buscando soluções e nada encontramos,pois nada está em nossas mãos.
Temos que entregar tudo para Deus e aguardarmos com mansidão e humildade até que o Todo Poderoso aja em nossa vida.
Devemos esperar com calma,Ter bom ânimo , com muita oração,procurando sempre ser longânimos,e termos bons olhos.
Quando realmente tivermos a capacidade de nos esvaziarmos e deixarmos o Espírito Santo atuar em nossa vida, as coisas mudarão de tal forma que num piscar de olhos uma sensação de paz e tranqüilidade invadirá nosso ser.

Seja manso e humilde que Deus te exaltará de um modo extraordinário!!! Lembre-se :DEUS É AMOR E É AMANDO QUE SE CHEGA NELE!!! Depende de você: ser feliz ou infeliz ?

CONVERSA COM O AMOR !!!

CONVERSA COM O AMOR

Hoje eu encontrei com o amor
Estivemos conversando por longas horas...
Perguntei pra ele qual o significado do seu nome
Ele disse:
Não tenho definição se quer saber o quem eu sou
AME
Pois só quem ama sabe quais são as minhas
Sensações, mas mesmo assim não saberá me descrever.
Perguntei o motivo da sua existência
Calmamente ele respondeu:
Para tornar as pessoas e o mundo mais belos,
Unir os corações e fazer com que as pessoas tenham um
Motivo para viverem...
Perguntei também de onde ele veio
Ele falou que veio de Deus, dos Anjos, das estrelas, da lua, do mar, do oceano, da chuva, dos rios, do vento, do furacão,
Das montanhas, dos vales, da rosa, do lírio,
Do frio, do calor, da primavera, do outono,
Do inverno, do verão,
Da lágrima, da dor, do sorriso e daquilo que não se define e não tem fim.
Questionei por que às vezes as pessoas sofrem por amor
Triste Ele me disse que muitas pessoas não sabem amar
Não tem confiança, brincam com os sentimentos
E não sabem lidar com ele. Disse-me também que a sua essência é a confiança mútua, que um grande amor pra acontecer só depende de nos, mas devemos ter paciência e sabedoria para lidarmos com ele, pois o amor é algo inexplicável que não se entende: se vive.
Não se compra, porque ele está dentro de nos, dos corações.
É preciso fazer uma viagem ao nosso interior para que se encontre com ele.
Nessa conversa com o amor aprendi que é preciso amar para depois ser amado... é preciso sofrer para não magoar as pessoas. O amor não é
Fácil de ser vivido, nas se você quiser terá um verdadeiro amor...
O amor me pediu para dizer pra quantas pessoas eu pudesse que amar é viver ,é sorrir e sonhar, por isso ame, ame sem medo de sofrer. Ame sem medo de ser feliz!!!
Pois na vida tudo passa... principalmente o tempo...e um dia você poderá olhar para trás e chorar por não ter tido um grande amor, não ter lutado ou feito uma loucura por alguém, ou sorrirá de felicidade por ter um grande e eterno amor
Mesmo que não esteja mais do teu lado, mas que um dia te fez feliz e você também o tenha feito.

QUE O AMOR TE TRANSFORME

Para  MEUS amigos que estão solteiros

O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela estará ali do seu lado. O amor poderá te fazer feliz, mas às vezes também pode te ferir. Mas o amor será especial apenas quando você tiver apenas objetivo de dar somente a um alguém que seja realmente valioso. Por isso, aproveita o tempo livre para escolher melhor.
* Para meus amigos... NÃO TÃO SOLTEIROS.
Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos. Não existem príncipes e nem princesas. Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidade, mas sabendo também de seus defeitos. O amor só é lindo quando encontramos alguém, que nos transforme no melhor que podemos ser.

* Para meus amigos que gostam de... PAQUERAR.Nunca diga "te amo" se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti. A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você, quando você não pretende fazer o mesmo.
* Para meus amigos... CASADOS.
O amor não te faz dizer "a culpa é sua", mas o amor te faz dizer "me perdoe". Não é "onde você está?" mas de "estou aqui". Não é "como pôde fazer isso?" mas de "eu te compreendo". Não é "eu gostaria que você fosse", mas de "te amo, porque você é". Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores. A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos; mas sim de quanto desses anos vocês foram bons um para o outro.

* Para meus amigos que tem um... CORAÇÃO PARTIDO.
Um coração assim dura tanto tempo quanto você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir. Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre. Permita-se rir e conhecer outros corações. Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar outros, aprenda a viver sua própria vida.
A dor de um coração partido é inevitável, mas o sofrimento é opcional. E lembre-se: é melhor ver alguém que você ama feliz com outra pessoa, do que vê-la infeliz ao seu lado.

* Para meus amigos que são... INOCENTES
Ela Para se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade. Mas pense que poderia ter acontecido com você. Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado, mas pode descobrir que ela é uma ótima pessoa e pode vir se tornar uma grande amiga.

* Para maus amigos que tem... MEDO DE TERMINAR.Às vezes é duro terminar com alguém, e isso dói em você.
Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo, né verdade? Mas o amor também dói muito mais quando ela não sabe o que você sente. Não engane tal pessoa, não seja grosso e rude esperando que ela adivinhe o que você quer. Não a force terminar contigo, pois a melhor forma de ser respeitado é respeitar. E
e a melhor forma de respeitá-la é sendo verdadeiro e sincero.

* A TODOS OS MEUS AMIGOS E AMIGAS
 EU desejo a vocês que sejam uma pessoa com muito amor, sejam honestos, fortes, maduros, que melhorepara melhor, e que isso os ajude a subir sua moral, proteção e lhes dê animo.O IMPORTANTE É SER FELIZ! SEMPRE!!!

Vida que segue

Eu sei que, como eu, você também gostaria de entender os acontecimentos da vida. Às vezes tudo caminha bem, aparentemente a felicidade po...