domingo, 30 de abril de 2017

O que é uma mulher auto suficiente ?

      • A pessoa autossuficiente, segundo o dicionário é a que "tem a capacidade de viver sem depender de outrem". A autossuficiência tem dois aspectos que se evidenciam: o financeiro e o emocional. Dessa forma, ser uma pessoa autossuficiente é ser independente tanto financeira como emocionalmente.
        • Vencendo a insegurança

          O primeiro passo rumo à autossuficiência é vencer a insegurança, acreditando nas próprias potencialidades, nas realizações que se fazem necessárias. Pessoas inseguras são sempre dependentes, seja das circunstâncias ou de outras pessoas; importam-se muito com a opinião dos outros e acreditam que alguém é sempre mais competente que si próprio. O que faz uma pessoa ativa e coerente é a segurança em suas próprias ideias e ações
    • Independência emocional

      • Tornamo-nos emocionalmente independentes quando não nos envolvemos em emoções que não são nossas, quando não delegamos aos outros o poder de nos influenciar psicologicamente. Conforme escrevi no artigo Como vencer a dependência emocional: "A dependência emocional consiste em um estado no qual a pessoa sente-se totalmente subordinada a outra pessoa sem a qual não consegue sentir-se segura para assumir nem mesmo as pequenas responsabilidades da vida." Para ser uma pessoa autossuficiente é preciso cuidar das carências, trabalhar a autoestima e construir relacionamentos saudáveis.
      • Independência financeira

        • Buscar ser autossuficiente financeiramente é também muito importante, principalmente nos dias atuais em que as dificuldades econômicas são muitas e atingem famílias inteiras. Buscar a qualificação profissional a fim de evoluir e, consequentemente, conseguir ganhos melhores é uma necessidade não somente dos homens, como há algum tempo, mas igualmente das mulheres. Em muitas famílias, o casal precisa estar unido em esforços para garantir a proteção e o sustento da família. Segundo a matéria publicada neste site: "As mães são incentivadas a fazer da criação dos filhos sua principal ocupação, especialmente se eles forem pequenos, mas ainda assim, devem estar preparadas para trabalhar fora, a fim de sustentar a família". É assim que pai e mãe são convocados a buscar a independência financeira a favor da família.
        • Responsabilidade pela vida

          • Ser autossuficiente é ser capaz de satisfazer as suas necessidades físicas, materiais e também, em certa medida, as suas necessidades sociais e espirituais. É assumir as responsabilidades da vida com garra e disposição sem cair no engodo de culpar os outros pelas escolhas que faz na vida. É importante confiar em si mesmo, fazer as próprias opções e correr os riscos que lhes são inerentes. Isso não significa não ouvir o outro; todo aprendizado deve ser considerado, o que não se pode fazer é transferir as ações que lhe são incumbidas
            • Humildade

              Somos seres sociais, e tornarmo-nos totalmente independentes não é tarefa das mais fáceis, mas é importante que nos dediquemos a isso. Entretanto, é preciso que se faça uma diferenciação: não depender dos outros, não significa que não precisamos uns dos outros. Acreditar nisso seria muita presunção, arrogância e egoísmo. Ser autossuficiente corresponde a buscar autoconfiança nas próprias ações de forma a ser útil e participativo na sociedade. Ter consciência de que, apesar de autossuficiente, você sempre precisará das pessoas e, principalmente, de Deus.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Endorfina Hormônio da Felicidade

Você já ouviu falar no hormônio da felicidade? Responsável por proporcionar sensações de prazer, a endorfina é uma substância naturalmente produzida em nosso corpo.
Pode-se dizer que, da mesma forma que produzimos adrenalina nos momentos de tensão ou grande tristeza, a endorfina é um neuro-hormônio liberado pelo cérebro quando este reage à estímulos positivos.
Por meio de pesquisas científicas, descobriu-se que a endorfina é produzida na glândula hipófise, localizada em uma região inferior do cérebro, próxima à base do crânio. Depois de produzida, a substância é liberada para o sangue junto com outros hormônios.
O GH, ou hormônio do crescimento, e o ACTH, responsável por estimular a produção de adrenalina e cortisol, são alguns deles.
De modo geral, o hormônio da felicidade é produzido durante de pois da prática de exercícios físicos, regulando nossas emoções. Considerada um poderoso analgésico natural, a endorfina contribui para a redução do estresse e ansiedade, alivia dores no corpo e melhoram o humor.
endorfinas

Como liberar endorfina?

Existem diversas formas de liberar endorfina no corpo. Mas, sem dúvidas, a principal responsável pela liberação do hormônio da alegria é a prática de atividades físicas. De modo geral, os efeitos da endorfina são sentidos no corpo após os 30 minutos iniciais de um exercício.
Outras formas de liberação do hormônio da felicidade são:
  • Comer chocolate. O ideal é consumir chocolate amargo, que contém mais chocolate de verdade, em pequenas quantidades.
  • Aumentar o consumo de pimenta, pois ela estimula a produção de endorfina.
  • Sorrir verdadeiramente com mais frequência.
  • Praticar sexo, pois o ato sexual também libera grandes quantidades de endorfina no organismo.
  • Fazer atividades físicas em grupo.

Quais os principais efeitos das endorfinas?

hormônio da felicidade é assim chamado porque é capaz de proporcionar ao corpo humano sensações cada vez melhores. Entre os efeitos da liberação constante de endorfina, destacam-se:
  • Estimulam a memória e o humor;
  • Aumentam a resistência e a disposição física e mental;
  • Melhoram o sistema imunológico;
  • Tendem a bloquear possíveis lesões nos vasos sanguíneos;
  • Melhoram a concentração;
  • Tem efeito analgésico e alivia dores no corpo;
  • Melhoram a vida sexual.

Alimentos ricos em serotonina

Da mesma forma que o hormônio da felicidade, também existe outra substância conhecida por proporcionar sensações de prazer: a serotonina. Esta substância é um neurotransmissor produzido no tronco encefálico que oferece muitos benefícios ao organismo, em especial ao das mulheres.
A serotonina melhora a saúde regulando o sono, combate a depressão e a enxaqueca, melhora o humor, contribui para o desempenho da atividade sexual e combate os sintomas da TPM.
Diferentemente da endorfina, a serotonina também pode ser encontrada em alguns alimentos. Conheça alguns exemplos:
  • Abacate
  • Banana
  • Castanhas
  • Chocolate
  • Caqui
  • Melancia
  • Peixes
  • Soja
  • Gengibre
  • Limão
  • Figo
  • Ovos
  • Tangerina
  • Amendoim
  • Alface
Agora que você já conhece as melhores formas de liberar o hormônio da felicidade, coloque as dicas em prática para viver de forma mais prazerosa.


Como lidar com a as frustrações

A dor é inevitável ao ser humano, assim como as frustrações todos em algum momento vamos experiencar  esse sentimento. Porém o que dife...